Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jovem Socialista - Órgão Oficial de Comunicação da Juventude Socialista

Jovem Socialista - Órgão Oficial de Comunicação da Juventude Socialista

25
Mai09

Por muito que tente, é incompreensível

Luís Pereira

Até dou de barato que de manhã uma pessoa ainda não se encontra na posse de todas as suas capacidades, casos há em que até se acorda mal-disposto. Não vou comentar a opinião em relação ao slogan, que na minha opinião até é bem conseguido, uma vez que gostos são gostos e cada um tem o seu. A verdade é essa, a Europa para nós é Vital: vital por tudo aquilo que significa para Portugal, Vital porque para nós Vital Moreira representa a política que queremos para a Europa e Vital pela Vitalidade que queremos dar a esta campanha defendo os interesses da juventude.

 

A política credibiliza-se com opinião séria. Não com opiniões que demonstram desconhecimento e que influenciam negativamente com base em pressupostos errados. A critica à proposta do PSD, mais precisamente de Paulo Rangel, não foi a um maior apoio ao Erasmus: foi uma critica à apresentação de uma proposta que se considera ser a repetição de uma medida que já existe, e que nem está muito relacionada com o Erasmus propriamente dito. Como já aqui foi dito muitas vezes, o apoio ao Erasmus, nomeadamente com a proposta de Erasmus para tod@s, é uma proposta da JS, há longos meses, em conjunto com a JSE e que pretende eliminar uma desigualdade social sentida no ensino superior, uma vez que nem todos têm possibilidades de acesso ao Erasmus e este até acaba por ser um factor discriminatório no acesso posterior ao emprego, sendo muito mais valorizado quem fez erasmus do que os que não fizeram. Assim, a proposta da JS em nada se confunde com a proposta que o PSD pretendeu fazer passar por sua, que muito interessava a alguns fazer colagem para desviar atenções desta copia ou esquecimento selectivo, normal de quem não se lembra em que partidos militou.

 

Quanto ao TGV, esta é uma proposta que a JS defende activamente sem qualquer lugar para dúvidas. É um direito da juventude, porque seremos nós quem mais tirará proveito do projecto de alta velocidade. Para além da mobilidade ou do factor ambiente, o TGV promoverá emprego qualificado. Sobre esta questão, até já aqui tivemos um contríbuto de Pedro Silva Pereira que importa recordar.

 

Convido-os a ler o manifesto eleitoral da JS. Assim, para além de se informarem e poderem opinar com maior fundamento, podem tirar alguma dúvida que persista. A mim também me dá vontade de rir com alguns textos de opinião que leio, mas devido à seriedade das questões, prefiro antes seguir em frente e é com prazer que vejo que mais uma vez a JS é a juventude partidária que mais se nota, que faz propostas e que defende os interesses dos jovens enquanto outros preferem continuar o caminho do "bota-abaixismo".

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D