Quarta-feira, 10.06.09

 

Há um problema na teoria de PPM. Quando houve dinheiro, era Cavaco primeiro-ministro, então é que Portugal se tornou num circo porque vinha dinheiro aos montes da União Europeia e serviu, em grande parte, para comprar jipes. Com a devida vénia ao senhor Presidente da República, qual seria a sua "moral" para fazer tal juízo?



Luís Pereira às 22:40 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 16.05.09

“Quanto aos números divulgados hoje, tenho-os ali, mas na algibeira do meu casaco.”

 

Aníbal Cavaco Silva, a colocar o interesse público e a política na algibeira.

 

Talvez fosse do interesse nacional dizer que, por exemplo, Portugal está ainda assim nos melhores resultados da zona europeia e que esta é a maior recessão económica europeia desde a II Guerra Mundial, isto durante uma visita que deu para tudo, até para ser recreativa, permitindo dar a conhecer à mulher um dos seus locais de sonho ou ouvir Katia Guerreiro a cantar fado, não se sabendo se este seria também um sonho.

 

É caso para dizer, é pior a emenda que o soneto.



Luís Pereira às 00:23 | link do post | comentar | ver comentários (1)

pesquisar...
 
Artigos recentes

A Cavacologia e a ciência...

Graçolas de oportunidade ...

aCima & aBaixo

Ensino Superior com mais vagas

Começa amanha a primeira fase de
acesso ao ensino superior público
com mais 4% de vagasque em 2009.
Vão abrir mais 2068 vagas, sobretudo
nos horarios pós-laborais.
O Governo assinou em Janeiro
um “contrato de confiança” no qual
garante mais fundos com o
compromisso de que se aumentem
as oportunidades de
licenciatura e mestrados à
população activa.
É uma aposta no ensino superior
que não deixa de ter em conta a
produtividade e crescimento do país,
gerando mão-de-obra mais qualificada.

Deputados ausentes

Em nove meses de legislatura
podem ser contabilizadas 652 faltas.
Mesmo após o aviso do presidente
da Assembleia da República, Jaime
Gama, em que diz que não se aceitam
"deputados em part-time" contnua a
existir uma media elevada
de faltas, muitas delas injustificadas.
A assiduidade é um dos factores
que mais descredibiliza os deputados,
e toda a politica representativa.
A bancada com mais faltas é
a do PSD, que é responsável por cerca
de metade das faltas desde o início
da legislatura, seguida pelo CDS.
Os motivos apresentados são
variados mas as faltas continuam
a incidir sobre feriados com
pontes, como o 10 de Junho.
A assiduidade tem, contudo,
vindo a melhorar, com mais controlo
por parte do presidente da Assembleia.



Inês Mendes, 12/07/2010
links
Sotão

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds