Segunda-feira, 11.05.09

No último dia 9, dia da Europa, o Partido Socialista apresentou o seu manifesto.

 

Manifesto para as eleições europeias do Partido Socialista

 

Aqui está o Partido Socialista das duas caras: a das ideias e projecto europeu e a do rigor, competência e qualidade.



Luís Pereira às 00:37 | link do post | comentar

Sábado, 09.05.09

" O Erasmus para tod@s é uma luta de muito tempo da juventude socialista, tanto a nível nacional como internacional. Por isso damos as boas vindas a esta luta a outras forças políticas que só agora se lembraram...!"



Luís Pereira às 19:45 | link do post | comentar

Falou Vital Moreira, a ovação da tarde. Nota-se um enorme apoio. Apresentou o manifesto que brevemente teremos aqui. Deu uma forte palavra de apoio à JS e mencionou aquela que é uma grande luta: o erasmus para tod@s.

 

Brevemente, apresentaremos aqui o Manifesto do PS e da JS, sendo que fica prometida aqui uma entrevista com Vital Moreira.



Luís Pereira às 19:43 | link do post | comentar

É a vez de José Sócrates tomar a palavra. Diz para a plateia:

 

" Se há algum contributo que podemos dar hoje ao mundo, é votar nas eleições europeias, pois isso significa uma Europa mais forte."

 

Sobre a crise, acrescentou: " a Europa não só nos defende como nos proporciona instrumentos para a combater".

 

O que está em jogo nestas eleições " é o prolongar esta aventura! A Europa foi construída com voos fantásticos, como a abertura das fronteiras ou o euro".

 

Acerca do papel de Portugal, "foi através da nossa sensibilidade que, por exemplo, construímos uma relação com África e por outro lado também, através de uma cooperação estratégica, com o Brasil."

 

" Aventura, que teve na assinatura do Tratado Europeu, aprovado já em 26 estados membros, mais um importante desenvolvimento, e que será em 2010 o tratado da Europa, com o nome de uma cidade portuguesa, Lisboa! Nós, os Socialistas, sempre estivemos na vanguarda deste projecto!"

 

"Foi por acharmos que fizemos um bom trabalho que, ao contrário de outros, mantivemos muitos dos actuais deputados! E temos um novo candidato, cabeça de lista, o Prof. Vital Moreira, que dá excelentes garantias. Vital Moreira, contamos contigo e a com a sua equipa!"

 

Neste momento, sentiu-se uma grande ovação aos candidatos ao Parlamento Europeu. José Sócrates acrescenta: " Há um ponto fundamental nesta eleição: a dicotomia esquerda e direita, nunca se esqueçam que o radicalismo nunca levou a lado nenhum, aliás, só destruiu, e os outros são de um bota baixismo, negativismo e política de ataque pessoal, que também nada acrescenta. Esses que querem discutir questões nacionais, estamos preparados para lhes responder, mas não se esqueçam não será apenas uma avaliação do governo, mas também a uma oposição ausente, que não apresentou nenhuma proposta."

 

" Votar no PS é agir por mais igualdade! No ranking de políticas de imigração, ou seja de igualdade, sabiam que a Suécia é a número 1? E que Portugal conquistou o segundo lugar? É isto que está em causa nestas eleições, mas também a forma como vamos enfrentar a crise. Proteger as famílias, as empresas através de, por exemplo, investimento público. Preferimos o investimento público, a ficar sentados numa cadeira e não tomar medidas. "

 

" Nós somos de uma geração que não se queixa de as anteriores terem feito muito, mas sim pouco. É esta a batalha, deixar novas oportunidades para as gerações futuras. Esta é uma oportunidade para afirmar a Europa e combater a crise. Aqui está o PS! A servir Portugal, a contribuir para o debate e a defender os seus ideais com categoria. a defender a Europa e os melhores deputados!"

 

"É por isso que dizemos, nós europeus, um voto por Portugal e pela Europa!"



Luís Pereira às 19:19 | link do post | comentar

Toma a palavra António Costa. Forte ovação mais uma vez. Esta é a sua cidade, este é o seu Partido. Discursa sobre momentos históricos, que Portugal, e o PS, acompanhou, como a abertura das fronteiras na Polónia com países vizinhos, uma lição de integração europeia. Fala sobre a dicotomia e a importância do voto, na diferença entre esquerda e a direita.

 

Diz-nos ainda:

 

"Eu sei que queremos ganhar todas as batalhas, como as legislativas, eu próprio tenho a minha batalha em Outubro nas autárquicas, mas é preciso um partido forte, unido e uma militância com uma forte alma para neste momento ganhar esta luta: as eleições europeias.



Luís Pereira às 19:14 | link do post | comentar

Fala Inês Medeiros:

 

- O que me levou a aceitar o convite para ser mandatária do Partido Socialista para as eleições europeias, é considerar que é preciso uma Europa com um projecto social, onde se circula, onde se troca experiências e valores culturais livremente.



Luís Pereira às 19:12 | link do post | comentar

Salvação em pé, enquanto Pedro Alves sobe ao palco. Ouvia-se, a plenos pulmões, numa sala cheia do Centro de Congressos de Lisboa, com toda a gente de pé: "JS, JS, JS, JS"!



Luís Pereira às 19:09 | link do post | comentar

pesquisar...
 
Artigos recentes

Dia da Europa - Dia de Ma...

Pensamento do dia

Jovem Socialista acompanh...

Jovem Socialista acompanh...

Jovem Socialista acompanh...

Jovem Socialista acompanh...

Jovem Socialista acompanh...

aCima & aBaixo

Ensino Superior com mais vagas

Começa amanha a primeira fase de
acesso ao ensino superior público
com mais 4% de vagasque em 2009.
Vão abrir mais 2068 vagas, sobretudo
nos horarios pós-laborais.
O Governo assinou em Janeiro
um “contrato de confiança” no qual
garante mais fundos com o
compromisso de que se aumentem
as oportunidades de
licenciatura e mestrados à
população activa.
É uma aposta no ensino superior
que não deixa de ter em conta a
produtividade e crescimento do país,
gerando mão-de-obra mais qualificada.

Deputados ausentes

Em nove meses de legislatura
podem ser contabilizadas 652 faltas.
Mesmo após o aviso do presidente
da Assembleia da República, Jaime
Gama, em que diz que não se aceitam
"deputados em part-time" contnua a
existir uma media elevada
de faltas, muitas delas injustificadas.
A assiduidade é um dos factores
que mais descredibiliza os deputados,
e toda a politica representativa.
A bancada com mais faltas é
a do PSD, que é responsável por cerca
de metade das faltas desde o início
da legislatura, seguida pelo CDS.
Os motivos apresentados são
variados mas as faltas continuam
a incidir sobre feriados com
pontes, como o 10 de Junho.
A assiduidade tem, contudo,
vindo a melhorar, com mais controlo
por parte do presidente da Assembleia.



Inês Mendes, 12/07/2010
links
Sotão

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds