Sábado, 22 de Agosto de 2009

Depois de trabalhar durante mais de um mês num campo de férias, como monitor, e ter passado, depois, umas curtas férias no Algarve, regressei a casa. Como que familiarizando-me outra vez com a intimidade do quarto, arrumei alguns livros, há muito empilhados desordenadamente. Peguei, imprevistamente, no manual da disciplina de Tecnologias de Informação e da Comunicação (TIC), utilizado no meu 10º ano de escolaridade, em que o concurso de professores se atrasou e algumas disciplinas só começaram a ser leccionadas regularmente quase no segundo período. A de TIC foi uma dessas, na minha escola. Por isso, encontrei-me hoje a folhear livros que nunca explorara com profundidade, com conteúdos que não aprendera, como a criação de páginas web ou o sistema operativo Linux. O facto de eu hoje não saber lidar bem com o Linux ou criar uma página web é, primeiramente, uma falha minha, pois já podia ter tirado um curso de informática. Mas é também um reflexo claro de uma falha governamental, pois houve conteúdos programáticos obrigatórios, da escola pública, que não me foram transmitidos. As trapalhadas das lideranças políticas têm sempre consequências na vida diária, palpável, das pessoas. Aquelas que se afastam da política, proclamando-se arautos do individualismo auto-suficiente, são na realidade conformistas, pois ignoram o efeito inevitável que a política tem no nosso quotidiano e rejeitam ter um papel definidor desse mesmo efeito. É urgente, pois, estarmos atentos e combatermos, com a força da palavra, a atitude abstencionista. Só assim podemos encarar o dia de amanhã não como um receio a temer mas sim como um desafio a superar.

 

P.S.: E que tal começarmos já a fazê-lo, com uma forte presença no JS Summer Fest 2009?



David Erlich às 19:07 | link do post | comentar

pesquisar...
 
Artigos recentes

Progressividade fiscal e ...

Cidadania europeia: o nov...

O progresso...

@ convidad@ da semana - J...

O Homem a fazer de Deus

O gineceu político do PSD

@ convidad@ da semana - C...

Os tiros nos pés do PS

A Democracia Hoje

NotíciasJS - 1.º Noticiár...

Jovem Socialista - Jornal...

Assim vai Cuba...

@ convidad@ da semana - P...

Jovem Socialista Poadcast...

JS em Entrevista - Progra...

Quid iuris?

@ convidad@ da semana - P...

Repugnante

Curtas

@ Convidad@ da Semana - J...

EUA: fez-se história

@ convidad@ da semana - M...

PSD... ou PCP ? ou o desn...

Democracia ao estilo do P...

A pérola II

A pérola

A Europa continua a ser v...

Futurália

"Virou-se o feitiço contr...

Lendo as notícias de hoje...

Frase do dia

MMG

Edições impressas do Jove...

Acompanhe todas as notíci...

Princípios da Administraç...

Da série "aos 10 anos já ...

Da série "aos 10 anos já ...

Da série "aos 10 anos já ...

Neda,

Mutilação Genital Feminin...

Orgulho em ser socialista

Dos EUA...

Por uma política com "P" ...

É da vida...

Notícias que interessam: ...

aCima & aBaixo

Ensino Superior com mais vagas

Começa amanha a primeira fase de
acesso ao ensino superior público
com mais 4% de vagasque em 2009.
Vão abrir mais 2068 vagas, sobretudo
nos horarios pós-laborais.
O Governo assinou em Janeiro
um “contrato de confiança” no qual
garante mais fundos com o
compromisso de que se aumentem
as oportunidades de
licenciatura e mestrados à
população activa.
É uma aposta no ensino superior
que não deixa de ter em conta a
produtividade e crescimento do país,
gerando mão-de-obra mais qualificada.

Deputados ausentes

Em nove meses de legislatura
podem ser contabilizadas 652 faltas.
Mesmo após o aviso do presidente
da Assembleia da República, Jaime
Gama, em que diz que não se aceitam
"deputados em part-time" contnua a
existir uma media elevada
de faltas, muitas delas injustificadas.
A assiduidade é um dos factores
que mais descredibiliza os deputados,
e toda a politica representativa.
A bancada com mais faltas é
a do PSD, que é responsável por cerca
de metade das faltas desde o início
da legislatura, seguida pelo CDS.
Os motivos apresentados são
variados mas as faltas continuam
a incidir sobre feriados com
pontes, como o 10 de Junho.
A assiduidade tem, contudo,
vindo a melhorar, com mais controlo
por parte do presidente da Assembleia.



Inês Mendes, 12/07/2010
links
Sotão

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds